Dia Nacional do Café...24/05

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Dia Nacional do Café (24/5

dicas para otimizar o café

Assim como acontece com outros alimentos e bebidas, o café gourmet vem ganhando mais e mais adeptos. Lojas especializadas, marcas importadas e máquinas especiais atingem um público cada vez maior, que conhece e sente prazer em degustar uma xícara de café bem feito, com grãos de qualidade e com utensílios apropriados.

Para comemorar o Dia Nacional do Café, neste 24 de maio, o Basilico selecionou dicas básicas de como tirar o melhor proveito do café gourmet e ouviu os comentários de Marília Faria, proprietária da marca Madame D’Orvilliers, premiado pela ABIC como Melhor Café Gourmet do Brasil em 2008.

Em sua fazenda, em Minas Gerais, o dia 24 dá início à colheita do grão de 2010. "Este ano, pela primeira vez, separamos algumas áreas da lavoura para fazer uma colheita seletiva. O objetivo é colher alguns lotes de café superespecial, para serem avaliados em concurso. No final do ano, alguns quilos dessa colheita farão parte de uma edição limitada, para a venda ao público em geral", adiantou Marília.

A marca oferece ainda, na semana do Dia Nacional do Café, descontos em seus produtos pelo site da empresa e no Casarão do Café.

Dicas para um bom café

(do site do Madame D’Orvilliers, comentadas por Marília Faria):

- A água ser preferencialmente filtrada ou mineral, e a temperatura ideal é de 90°C, instantes antes de chegar ao ponto de ebulição.

Se ela ferver, aguarde alguns segundos para utilizá-la

"Com a fervura, a água perde gases naturais, essenciais para extrair substâncias importantes do café.

Além disso, se a água estiver muito quente, ela queima o café e altera totalmente seu sabor. Muitos cafés de qualidade inferior apresentam uma torra muito escura.

Ela disfarça os defeitos da bebida".

- A proporção clássica de pó para água é de 100g por litro de água para o coador e 7g por 50ml de água para o espresso.

Essas proporções podem variar, e a quantidade perfeita deve atender ao seu paladar: se ficar sem sabor, aumente a quantidade de café.

Se ficar amargo, diminua a quantidade de pó e o tempo de contato da água com o café.

- Faça somente a quantidade de café que for consumir.

"Para quem usa cafeteira elétrica, a dica é não deixar o café esquentando na máquina.

Com o passar do tempo, o café perde naturalmente suas propriedades de aroma e sabor.

Por isso, o ideal é fazer pouca quantidade e tomá-lo na hora.

- Cada forma de extração (coador, máquina de espresso, cafeteira italiana grão, café turco) exige uma moagem diferente.

Normalmente, para o coador, a moagem deve ser média ou fina. Para espresso, a moagem deve ser média.

"É muito importante verificar o grau de moagem ideal para cada cafeteira.

O ideal é comprar os grãos e moê-los na hora, mas, como é difícil que cada pessoa tenha um moedor portátil, é preciso verificar com cuidado na embalagem do produto o tipo de moagem do pó.

Nosso "all purpose" não é muito fino, por isso serve para ser usado tanto em prensas francesas ou cafeteiras italianas, como em filtros.

- A moagem correta é aquela que não permite que a água passe tão depressa e não consiga extrair os grandes atributos do café, e nem tão devagar que resulte num sabor amargo.

O tempo ideal, em média, para a extração de um espresso é de 25 a 30 segundos, e de um café de coador, de 4 a 6 minutos.

"No caso do uso de filtro ou coador, a água só deve passar pelo pó uma única vez.

O café não deve ser mexido, porque senão a borra acaba sendo coada também e ele fica com gosto de café repassado"

- Depois de aberto, guarde seu café preferencialmente na geladeira, na própria embalagem bem fechada, ou em um pote usado somente para esse fim, escuro e hermeticamente fechado.

Com o passar dos dias, o café sofrerá oxidação naturalmente, e perderá aos poucos seus agradáveis atributos.

- Se o consumo for pequeno, dê preferência a embalagens menores, para que o aroma e o sabor não se percam após muitos dias de armazenamento.

"Embalado a vácuo, o produto acaba tendo uma validade maior, mas, em contrapartida, o vácuo também "puxa" o aroma. Indico a compra de embalagens pequenas, com fabricação o mais recente possível

http://basilico.uol.com.br

1 comentários:

FazendoArte disse...

amo café!
ótimas dicas
vou seguir
:)

 
Blog da Daysabela. Design by Pocket
BlogBlogs.Com.Br Web Statistics Web Analytics